postado por Wilson Duarte no dia 25.11 arquivado em #beyoncé

O ano vai chegando ao fim e com ele, as listas dos melhores vão sendo reveladas. Semana passada, a revista Forbes divulgou que Beyoncé foi a artista feminina que teve o maior faturamento anual, somando $105 milhões de dólares. Ela também é a cantora mais poderosas na mídia/entretenimento em 2017.

Ontem, (24) foi divulgado que ela e Jay-Z figuram como sendo o único casal na lista das 100 celebridades mais ricas do mundo.

Em 2011, Jay-Z sentou-se com Steve Forbes e Warren Buffett para discutir sucesso, filantropia e negócios na música. No final da conversas, o rapper do Brooklyn fez algumas observações significativas. “Por muitos anos, os artistas morreram porque as gravadoras se aproveitaram deles”, explicou Jay-Z. “Como artistas, somos a primeira geração a capitalizar nosso talento”.

Seis anos depois, Jay Z está provando seu ponto de vista e mais alguns. Ele e Beyoncé ganharam 147 milhões de dólares nos últimos 12 meses, graças a uma combinação de shows e acordos com empresas que vomitam dinheiro. É exatamente isso que faz com que eles sejam os melhores e maiores na lista anual Celebrity 100.

Beyoncé é o principal patrocinador da família Knowles-Carter hoje em dia, registrando pré-impostos 105 milhões de dólares, a segunda maior soma de qualquer artista. Diddy reivindica o primeiro lugar com 130 milhões, impulsionado por 70 milhões com a venda de uma parte da sua linha de roupas Sean John em novembro passado.

“O dia do pagamento” de Queen B vem principalmente da Formation Tour, que terminou no final de 2016 e arrecadou um quarto de bilhão de dólares. Não foi computado o lucro da Ivy Park, linha de roupas esportivas de Beyoncé em parceria com a Topshop, lançada ano passado. Ela também cobra acordos com marcas como a Pepsi – um fluxo de renda que ela pode recorrer cada vez mais enquanto ela faz uma pausa de turnê ou enquanto ela e Jay-Z aproveitam os gêmeos. Os lucros de Beyoncé podem ser ainda maiores.

Jay Z, por outro lado, quase não realizou shows nos últimos 12 meses, ganhando um comparável e “insignificante” 42 milhões de dólares. Mas ele está pronto para acelerar seu cronograma na sequência de um novo acordo que assinou com a Live Nation de 200 milhões de dólares, começando por um número de shows de verão, incluindo seu próprio festival Made In America.

Em qualquer caso, ambos, Jay-Z e Beyoncé poderiam continuar com um hiato indefinido, e eles ainda estarão em uma forma fantástica financeiramente. Graças principalmente aos negócios de Jay-Z, desde o champanhe Armand de Brignac, até a empresa de entretenimento Roc Nation, bem como o serviço de streaming Tidal, que conta com os dois proprietários – o casal acumulou uma fortuna de mais de 1 bilhão de dólares.

Mas não espere que eles descansem em sua mansão recentemente adquirida em Malibu-CA ou na dos Hamptons-NY. Como Beyoncé disse a Forbes há quase uma década: “Eu trabalhei muito e me sacrifiquei demais para fazer algo insignificante que estragasse a marca que criei todos esses anos”.


Deixe seu comentário
Beyoncé Brasil Todos os direitos reservados