postado por Wilson Duarte no dia 21.08 arquivado em #beyoncé

Ao contrário de seus trabalhos anteriores, mais palatáveis, agora Beyoncé usa sua popularidade para falar de assuntos ácidos. O limão, logo, é uma metáfora bastante apropriada.

O jornalista Sérgio Martins foi até Londres para prestigiar a turnê da Queen Bey e se impressionou logo de cara com o palco de 62 metros de comprimento e o telão de 180 toneladas de sete andares em LED, produzido pela designer inglesa Es Devlin.

“Ela tem o carisma de uma Diana Ross e dança de modo tão tresloucado (ainda que com melhor coreografia) quanto a Tina Turner no período em que era casada com o guitarrista Ike Turner,” analisa Martins.

O jornalista da Veja conclui dizendo que The Formation World Tour é o show colossal da Beyoncé, que coloca a cantora em uma altura na qual suas concorrentes no mundo pop não conseguem respirar.

A matéria completa, disponibilizada pelo nosso leitor Eduardo Luiz Caixeta (@duzin_guima), você pode conferir logo abaixo.


Deixe seu comentário
Beyoncé Brasil Todos os direitos reservados